03 junho 2015

Você quer amor, você não tem medo dele

Seu jeito de andar. Sua mania irritante de cutucar os dedos. A maneira que você dança, e como olha para mim quando faço algo que você acha engraçado... Você come como se estivesse fazendo um esforço, bebe como se nunca mais fosse encontrar outro copo de Coca igual.
Como você mexe o cabelo para trás,e a maneira como  morde os lábios... E após um grande tempo juntos a frase que você sempre diz: Eu tenho muita sorte!

Você não deve nunca pensar que eu amo o jeito que pronuncia meu nome... Não deve nunca reparar que o brilho que vê em mim é apenas um reflexo do seu. Você não deve imaginar...Mas estou perdidamente apaixonada e na espera que um dia você me leve para casa e me chame de lar.

Um comentário:

  1. Que texto magnífico! Esplêndido! Algumas pessoas têm o dom de esconder o que sentem, e ao mesmo tempo a ousadia de sonhar serem conquistadas! Como poderia ser isto? Mas essa observação secreta do outro é uma das coisas mais lindas da existência. Beijosssssssss

    ResponderExcluir