10 abril 2015

Primeiro dia

  Sentada espero o toque do telefone. E peço que ele não traga notícias ruins, nem tragédias ou broncas. Só espero. Que ele toque, que as ordens comessem, que eu faça aquilo que, a voz que por ele sai, me ordenar de maneira correta.
  Espero conseguir pegar o jeito, conseguir ajudar. Conseguir ser eficaz.
  Espero entender o certo, escrever, digitar, preencher com agilidade e corretamente. E lembrar a voz tudo que ela necessite que eu lembre.
  Ser chata ao cobrar, e depois analisar, checar. Amenizar um fardo.
  Espero que a voz fique contente, espero ser eficiente, espero apenas ser uma ótima assistente.