22 abril 2015

Dúvidas


  É complicado ser você mesmo. Muitas vezes nos focamos tanto em ver ao nosso redor que o por dentro perde a importância. Quero entender o outro, quero conhecer o outro, quero me sentir completo! Mas o certo seria conhecer o que se tem, o que se é para encaixar a peça certa.
  Que peça eu sou? Que cor tem minha alma? Que gosto tem minha vida? O que eu gosto? o que não suporto? e a última: Quem realmente sou?
  Mas no lugar  dessas interrogações que deveriam ser feitas a nós mesmos, usamos as mais normais. Quem é ele? o que ele gosta? Será que a alma dele é azul? Preciso saber quem realmente ele é!

E se no fim "ele" também não souber quem é? E se no fim você não se conhecer? Para que aprender amar outra pessoa se você não sabe quem é você?

Comece a descobrir quem é você, para que no futuro você receba respostas e não dúvidas.